Carta Miss. Osiel | Tekove Porã - Jan17

Paraguai, Janeiro de 2017.
 
            Que a Graça e paz de nosso Senhor Jesus Cristo esteja com todos vocês caros leitores desta carta missionária!

            Queridos irmãos em Cristo, somos gratos por sua amizade e sua parceria neste Projeto Tekove Porã, louvamos a Deus por ele despertar em sua seara um povo envolvido com missões. Quero que saiba que se estamos hoje neste campo missionário, atendendo ao chamado de Deus em nossas vidas, é porque Deus tem colocado pessoas compromissadas com a obra missionária, que tem segurando as cordas para que possamos chegar aos menos alcançados aqui no Paraguai.

            Como os irmãos já sabem, nosso objetivo é alcançar os indígenas paraguaios para Cristo, temos nos esforçado para conseguir honrar o chamado de Deus em nossa vida e atender fielmente o ide de Jesus; dessa forma desenvolvemos o trabalho na colônia indígena ymorotî, (água branca) com visitas nos lares e cultos públicos, também ajudamos sempre que possível com uma cesta básica a uma irmã (viúva com quatro filhos) moradora da colônia ymorotî.

            De igual forma temos o nosso trabalho missionário na colônia indígena yvyataî, (terra dura) onde também fazemos os nossos cultos a Deus , visitas e culto domiciliar, além do mas, sempre que possível ajudamos com uma cesta básica o nosso diácono Roberto (indígena) da nossa igreja nesta colônia.

            Este ano começamos um trabalho em uma terceira colônia indígena chamada “Távaaváredyju”, que significa literalmente: colônia cuspe de índio, isso porque Táva é palavra guarani para “cidade” que os indígenas usam como sendo “colônia”, “avá” é a palavra guarani para indígena, e “redyju” é uma palavra guarani para “cuspe”.

            Nesta terceira colônia as condições de vida são bastante precárias, estamos começando o trabalho bem devagar, é uma colônia bastante pequena formada por índios que saíram de varias outras colônias; uma questão bastante complicada nessa colônia é que a maioria dos moradores são crentes desviados de diversas igrejas, e foram enganadas por supostos pastores, que fizeram coisas horríveis, como levaram crianças indígenas para trabalho escravo na casa deles, abuso de mulheres indígenas violação sexual de crianças indígenas, onde um desses suposto pastores foi preso e toda a cidade tomou conhecimento do fato pelas matérias na mídia que dizia “pastor é preso por violar criança indígena”. Dessa forma,  estes indígenas têm uma aparente aversão a pastores que tentam falar de Jesus pra eles devido a tudo o que já viveram. Estamos tentando ganhar a confiança deles aos poucos. Nosso objetivo agora é provar que nós, minha família e eu, somos diferentes, mas estamos crendo que aos poucos conseguiremos conquistar não só a confiança deles, mas também a amizade e assim ganharmos essas almas para Cristo. Para isso conto com as vossas orações em nosso favor e em favor dos nossos trabalhos missionários aqui no Paraguai, para que possamos muito em breve ter crentes servindo a Deus também nessa nova colônia indígena.

            Também estivemos fazendo uma visita a um “albergue” na cidade, onde estão temporariamente alguns indígenas que saíram de suas colônias e foram para a cidade e não tem onde ficar e estão precisando de alimento, roupas e cuidados médicos. Estivemos visitando este lugar fizemos culto e distribuímos biscoitos, pipocas, frutas e refrigerante para eles dados por  um casal de amigos nossos para essa finalidade. Também estamos tentando negociar um terreno no Paraguai para ser a nossa ONG, ainda não conseguimos fechar o negocio, mas estamos tentando um terreno com uma prestação que seria mais ou menos o valor de um aluguel de uma casa aqui, por favor, nos ajude em oração, e se você que está lendo essa carta quiser ajudar, de alguma forma na compra desse terren, para construirmos a ONG que servirá para desenvolvermos nosso trabalho com os indígenas que vivem nas ruas da cidade, entre em contato conosco ou com SEMIPA, que certamente a sua ajuda será de grande importância para o desenvolvimento desse projeto.

            Que Deus vos abençoe rica e poderosamente em Cristo Jesus!
 
                             Contatos: WatsApp: +5567999173597
 
            Nos despedimos na paz do Senhor rogando as orações dos santos em nosso favor.
 
Mis. Osiel, Romélia, Eliezer e David
 


Voltar